segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Rubrica Semanal - Semana do Alecrim


Alecrim alecrim dourado,
Que nasce no monte sem ser semeado
Ai meu amor quem te disse a ti
Que a flor do monte era o alecrim...

Pois é conhecido como a flor do monte, o alecrim nasce em qualquer sitio, é uma erva aromática comum na região do mediterrâneo ocorrendo dos 0 a 1500 metros de altitude, preferencialmente em solos de origem calcária. Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar.


Toda a planta exala um aroma forte e agradável. 
Utilizada com fins culinários, medicinais e religiosos, a sua essência também é utilizada em perfumaria, como por exemplo, na produção da água-de-colônia, pois contém tanino, óleo essencial, pineno, cânfora e outros princípios ativos que lhe conferem propriedades excitantes, tônicas e estimulantes.



A sua flor é muito apreciada pelas abelhas produzindo assim um mel de extrema qualidade. Há quem plante alecrim perto de apiários, para influenciar o sabor do mel.




Na culinária
Fresco (preferencialmente) ou seco, é apreciado na preparação de aves, caça, carne de porco, salsichas, linguiças e batatas assadas. Em itália é utilizado em assados de carneiro, cabrito e vitela. Em churrascos, recomenda-se espalhar um bom punhado sobre as brasas do carvão aceso, perfumando a carne e difundindo um agradável odor no ambiente. Pode ser utilizado ainda em sopas e molhos.



Aplicações medicinais

A medicina popular recomenda o alecrim como um estimulante às pessoas atacadas de debilidade, sendo empregado também para combater as febres intermitentes e a febre tifoide.
Uma tosse pertinaz desaparecerá com infusões de alecrim, que também se recomendam a todas as pessoas cujo estômago seja preguiçoso para digerir.
Também apresenta propriedades carminativas, emenagogas, desinfetantes e aromáticas. É ainda relaxante muscular, ativador da memória e fortalece os músculos do coração. Cientistas dizem que ramos de alecrim deveriam ser dependurados em oficinas e áreas onde crianças fazem tarefas escolares para um melhor funcionamento da memória.
O alecrim também é útil para tratar problemas de cabelo (inclusive a queda). Além do seu alto teor em antioxidantes, esta planta ajuda a aumentar a circulação sanguínea, quando aplicada nas áreas capilares.

Utilização Religiosa

Em templos e igrejas, o alecrim é queimado como incenso desde a antiguidade. Na Igreja Ortodoxa  grega, o seu óleo é utilizado até aos nossos dias, para unção. Nos cultos de religiões afro, como umbanda e candombé, é utilizado em banhos e como incenso.

Curiosidades

Foi utilizado primeiramente pela rainha Isabel da Hungria em forma de tônico, que era “capaz de curar tudo” e por esta razão foi chamado de Água da Rainha da Hungria.

Protege contra traças e caspa capilar;

A planta medicinal é um ótimo antisséptico, tratando mau-hálito;

Estimula a memória e a mente, usado na medicina tradicional antes de provas para melhorar o rendimento ou até controlar a ansiedade;

Enfeita caixões, dizem que é para o falecido encontrar a paz. Esse costume é muito utilizado pelos ingleses cobrindo o túmulo de seus heróis com ramos de alecrim;

Os franceses dizem que o alecrim só brota na casa de famílias justas;

Utilizado em casamentos ou no buquê ou no bolso dos padrinhos para trazer felicidade e prosperidade na vida dos noivos.
 Lendas e Mitos: Conta-se que numa viagem Nossa Senhora sentou-se à sombra de um alecrim para dar de mamar ao menino Jesus: por isso acredita-se que a planta nunca atinja altura superior à de Jesus adulto. Outro conto diz que a Bela Adormecida foi acordada pelo príncipe com um ramo de alecrim.Os gregos usavam coroas de alecrim em festas, como símbolo da imortalidade. A crendice popular usa o alecrim para afastar olho gordo, erva da juventude eterna, do amor, amizade e alegria de viver. Erva colocada debaixo do travesseiro afasta maus sonhos. Tocar com alecrim na pessoa amada faz ter seu amor para sempre.




Fonte: aqui  aqui    aqui 


Vamos ás receitas:



Queijo de Cabra em Azeite (conserva) - Cromas da Cozinha



Azeite Aromatizado - Cozinha da Anita



Robalo Assado com Alecrim - As Receitas da Mãe galinha



Tarte de Figos assados com Alecrim - Coisas Simples são a Receita



Focaccia de Alecrim Recheada com Queijo - Recanto com Tempero


Bolachas de Aperitivo - Bimbexpress


Espero que gostem e se inspirem.


Aguardo as vossas sugestões



segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Rubrica Semanal - Semana do Alho


Esta semana vamos falar do alho.

Como estamos na semana do dia dos namorados, decidi procurar alguns afrodisíaco e, para meu espanto descobri que o alho é.

Pois nesta data especial vamos lá todos comer alho.

Alho - Um dos mais poderosos alimentos afrodisíacos que existem. O alho tem tantos benefícios que é usado desde o antigo Egipto como remédio. A água feita com alho aumenta a libido feminina e prolonga a erecção.

Os benefícios do alho para a saúde são impressionantes.

Para termos uma ideia da sua importância as suas características começaram a ser estudadas à 4000 anos atrás.

Nativo da Ásia, o alho já era usado no antigo Egipto para dar força aos construtores das pirâmides.

Na Grécia antiga, Hipócrates, considerado pai da medicina moderna, o recomendava como remédio natural.

O alho é completo, possuindo altíssima densidade nutricional com quase todas as vitaminas e sais minerais que o nosso corpo necessita.

Com sabor forte e aroma característico, esse é um ingrediente habitual nas nossas receitas.


É difícil de acreditar, mas existem 500 tipos de alhos. Um dos mais curiosos é o alho negro.
• O alho negro é um alho comum, geralmente com cabeças de boa qualidade. A diferença é que elas são fermentadas em uma estufa com temperatura e humidade controladas por período que variam entre três semanas e um mês, até adquirirem a cor negra. Seu sabor é frutado e adocicado.


Tipos de alho
Alho Negro

Alho branco

Alho Roxo ou Rosa






Alho Porro ou Alho Francês
Alho Porro - Segura




















Na terra do meu marido chamam alho porro a um alho que se nasce de maneira selvagem pelos campo, é um dente 
Lá costumam fazer tipo uma omeleta, descascam a cabeça cortam em pedaços pequenos e juntam ovos, levam ao lume e adoram aquilo, para quem aprecia o alho é bom.


Fonte: aqui  e aqui

Vamos as receitas????

Tenho de vos informar que esta semana não existe sobremesas ehehe, pois com este ingrediente fica difícil.
Também acrescento que foi super difícil escolher pois a maior parte das receitas levam alho......





































sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Salada de Frango, Laranja e Molho de Iogurte




Mais um desafio desta fantástica página Cantinho das Cozinheiras, desta vez o desafio consistia em fazer uma receita com pelo menos dois ingredientes dos que são selecionados e acrescentar mais 3 ingredientes, mas temos de inventar uma receita da nossa autoria.

Aqui fica a minha, acho que usei foi ingredientes a mais, mas saldas é assim colocamos tudo o que nos vem a mão.

Esta menina levou;

Pedaços de Frango, cozi com água, hortelã e sal, depois desfiei.
Cozi arroz no microondas (1 porção de arroz para 2 e 1/2 de água, 13 minutos na potência máxima, sal)
Descasquei uma laranja e cortei em rodelas e depois em 4.
Uma embalagem de alface e cenoura ralada (eu sei que fui preguiçosa)
1 queijo mozarela partido em pedaços.

Para o molho, coloquei 1 iogurte naturais com um pouco de sal, pimenta, azeite e limão e uns coentros frescos das Aromáticas Vivas picados.

Fazer a "mixórdia" e servir, servi o molho à parte porque podia haver quem não quisesse mas foi todo.

Espero que gostem, se inspirem e partilhem muito.

Bom proveito.




segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Rubrica Semanal - Semana da Maçã


Bom trago-vos uma novidade este ano, o blog A Vida de Nessy está focada num projecto que brevemente irá divulgar, e perguntou se queria continuar com a sua rubrica semanal, eu aceitei o desafio e espero não vos decepcionar.

Esta rubrica consiste em divulgar receitas de outros blogs para tirarem ideias mas com temas diferentes todas as semanas, falando um pouco de curiosidades sobre esses temas, espero a vossa colaboração publicando também algumas receitas relacionadas com o tema.

Espero que gostem.

Esta semana começamos com o tema Maçãs.

Um produto que temos de excelência de origem portuguesa e internacional com produção portuguesa, vamos conhecer os vários tipos de maçã, sabiam que existem assim tantos? E de origem portuguesa que não se vêem no mercado á venda? Porquê? Porque são feias e não têm a calibragem desejada para agradar aos consumidores, mas são muito saborosas.

Os benefícios deste ingrediente são muitos mas esses já muitos de vocês conhecem.

(não coloquei de todas as zonas porque são mesmo muitas, mas uma foto de cada tipo de maçã)

De maçã temos uma grande variedade de cores, sabores e texturas. Numa gradação agradável ao olhar, o verde, o vermelho e o amarelo espraiam-se entre tons mais escuros ou mais claros correspondendo a variedades específicas, umas autóctones, outras universais. De polpa rija ou mais suave, de sabor mais doce ou ligeiramente ácido, umas redondas outras oblongas, mais suaves no trincar ou mais carnudas, a maçã assume-se como um produto sempre presente na mesa das famílias portuguesas. Não fora pelo seu aroma, sabor ou textura, seria decerto pelas suas propriedades terapêuticas e profiláticas que fazem deste fruto um dos mais recomendados para uma vida saudável em qualquer uma das idades.


Variedades da Maçã 

Todas iguais e todas diferentes.

 Vamos começar pelas maçãs que são de origem portuguesa, só consegui algumas fotos.

Bravo Esmolfe - Penalva do Castelo

Malapio Jordão
Branca Vasconha
Pero Mulato

Piparote
Fucinho de Burro

Camonesa - Alcangosta
Padre Inácio

Maçã Tempera - Aviugues
Maçã Vermelha



Grande - Douro
Pardo Lindo










Martim
Cabaçal Aristides - Quintela






Lemos
Bravo - Covilhã
Gronho



Marmela








Olho de Boi
Corno de Boi








Durázio

Riscadinha Caparrosa
Capela - S. Neves

Tromba de Bois
Verdeal - Bordeosa
Rosto mau
Casca fina - 






Pipo Basto




Casa Nova - Portugual
Espriega - Abrunhosa
Prato - Covilhã









Comendador


Maçã Clandestina



















Agora as maçã de produção nacional, mas de origem internacional e as mais conhecidas à venda no mercado.
Figi - Japonesa
Granny - Autraliana
Golden Delicious - Americana
Joangold - Americana
Royal Gala - Nova Zelandia

Red Delicious - Americana


Reineta - Francesa










Pink - Australiana











Obs: Fonte aqui, e aqui
Vamos ás sugestões de refeições com Maçãs...

Panquecas de Maçã - Cromas da Cozinha







Pain Perdu com Maca Caramelizada - Cozinha de uma Desastrada





Sopa Alho Francês e Maçã - Cozinha da Anita




Empada de Frango e Maçã em espiral - Coisas Simples são a Receita



Tarte Crumble Maçã - Bimbexpress



Bolo de Maçã - A Pimenta Rosa



Espero que gostem e se inspirem, partilhem muito.